Cover of O Christao Novo

O Christao Novo

Auhtor: Diogo De Macedo

Language: english

Genres:

classic
Downloads: 6
eBook size: 338Kb

Review by A. Dent, August 2006


Rating: (****)
Copyright: Public Domain in the U.S.
Please check the copyright status in your country.

Excerpts from the Book 'O Christao Novo':

... O pagem com a rapidez de uma frecha aproximou-lhe do rosto os labios cubicosos e ali imprimiu com soffreguid~ao um beijo escandecente como as lavas ...
... Nem luz nem ar e sobretudo um cheiro, a vermes podres que deveras me incommodava o nariz. -Pois arrepende-te dos teus erros. Os bens da terra ...
... de fila a quem disseram: guarda esse rebanho e no fim de cada mez receber'as as gorduras de uns tantos ossos. O c~ao desempenha cada dia o seu servico ...
... -Mais que o monarcha. O monarcha tem a cor^oa na cabeca e o sceptro na dextra mas isso tudo n~ao passa das vans insignias da realesa. Vale menos ...
... na arvore do universo! Por fim os miseros foragidos tomaram uma subita deliberac~ao. Dirigiram-se para o palacio hospitaleiro de Violante Gomes. ...
... ordens, fidalgo! Mas primeiro deixe-nos dar uma tosquia a taverneiros desaforados. O vendeiro estava j'a bem seguro pela gola da jaqueta. Miguel, ...
... que nunca o seu espirito f^ora abalado pelo medo nem os nervos do seu braco j'amais affrouxaram nas conjuncturas do perigo. -Debalde gastaes ...
... poeta que valia mais que todos elles porque se chamava Luiz de Cam~oes e porque era talvez o primeiro, o ultimo, o maior portuguez do seculo deseseis. ...
... Por'em a alcova nupcial tornara-se depressa a habitac~ao lugubre da morte. Agora a voz e as forcas abandonaram de vez o corpo franzino do principe. ...
... reprovam com vehemencia as tracas e ardis empregados pelo vosso systema estacionario e fanatico, systema vergonhoso que directamente conduz 'a ...
... de ainda conservar alguns alentos de cadaver, o espirito dos economistas e o genio dos philosophos. Hoje a escolha decide-se pela monarchia constitucional ...
... da praca de Arzilla ou das heroicas muralhas de Dio... -Socegae, Dom Prior. Nada de perder o animo. Bem sabeis que de pouco serve o meu valimento ...
... do Rocio uma elegante e vistosa casaria. O infante bateu de rijo com os copos da espada tres pancadas no portal e a porta franqueou-se-lhe minutos ...
... magra assim nos bracos como no rosto e, para mais se accenderem cubicas, da arca do peito avolumava-se-lhe o contorno dos lacteos pomos de que Tasso ...
... bey de Marrocos o guardava na sua bibliotheca e de quando em quando o lia com inexcedivel prazer[8].>> Leitura sempre cheia de uncc~ao e piedade, ...
... com tanta promptid~ao. <<-E n~ao ha outras sen~ao essas difficuldades para superar, senhor governador? lhe replicou Francisco Xavier. Pois ...
... dos arautos e reis de armas reflectia-se o sol com raios coruscantes. Nunca o povo de Lisboa se recordava de presencear festejos de tanta ...
... panno de sobra para cobrirem as barbas e, quando chegou o diabo, todos debandaram com prudencia. -Tal accommettimento ha de ser sempre o ...
... -De bom grado escutarei. Dize l'a: que s~ao os Vedas? -Os Vedas formam uma grossa collecc~ao de slokes ou estrofes escrita em sanscrito ...
... Por'em o susto levara o augusto cardeal a esconder-se na toca de um carvalho e as duas delicadas senhoras seriam demasiadamente franzinas ...